Hey guys! O roteiro completo dos meus 7 dias no Uruguai, conhecendo Montevideo, Maldonado e Colonia del Sacramento.

Além de romântica, foi uma viagem enogastronômica. Além do Uruguai ter carnes mundialmente reconhecidas como as melhores; também é o maior produtor da variedade Tannat em nível mundial. De característica intensa, potente e séria, esta cepa é originária do sudoeste da França e foi introduzida em meados do século XIX, com muito sucesso.

Não posso deixar de contar também um outro grande mérito do país. Em uma década, o Uruguai conseguiu tornar-se o país com a maior proporção de eletricidade gerada a partir de energia eólica na América Latina e quarta em todo o mundo. Já foram instaladas 43 centrais eólicos, junto a outras formas de energia renováveis: solar, biomassa e hidráulica. O Uruguai encontrou na energia da natureza a grande aliada para a diversificação de fontes de energia renováveis. Hoje, quase 95% da eletricidade do país vem da energia sustentável e garante uma infraestrutura segura e estável nas temporadas de recebimento de turistas.

Antes de embarcar nessa postagem e no próprio Uruguai, tenho duas dicas de segurança e conforto.
Façam um seguro viagem. Eu fiz com a Travel Ace e contei – clique aqui – todas as vantagens.
Compre o chip de internet. Por mais que você queira se desligar do trabalho e rotina, você vai precisar pra pedir Uber, Cabify, etc… e pra realizar consultas e até reservas. Eu fui com chip da EasySim4u – clique aqui pra programar o seu –  e continuarei indo nas próximas viagens. Minha internet funcionou muito bem todos os dias, até em apps mais pesados de vídeos.

Hum, e quase esqueço… a voltagem lá é 220v! Então se você carrega secador de cabelo e babyliss, preste atenção se não tá levando peso a toa na mala como eu… qüé…

 

ANTES DE LER:

Independentemente dos lugares que você for, não deixe de provar a check list de iguarias uruguaias:
Chivito: um lanche comum com vários ingredientes: carne de vaca, ovo cozido, tomate, presunto, queijo, tomate, azeitona, maionese e ítens extras dependendo do estabelecimento.
Asado: churrasco.
Pancho: versão uruguaia do cachorro-quente.
Doce de leite.
Alfajor: por favor, procure pelo Alfajor helado, sorvete do doce! Não ter comprado nas vezes que encontrei foi o maior arrependimento da viagem. E me conte se meu arrependimento tem sentido rss.
Mate: você vai querer tomar no primeiro dia, de tanto ver os uruguaios carregando como se fosse uma bolsa pra cima e pra baixo.
Paella.

 

MONTEVIDEO

Nossa primeira parada foi na capital. Uma das melhores cidades no mundo para apreciação do Art Decó. E eu aproveitei cada segundo passando por cada um desses edifícios e espaços públicos, como uma verdadeira turista, registrando cada “obra de arte”. : )

ONDE SE HOSPEDAR

Esplendor, a Whyndam Grand Hotel: Vivimos con esplendor esos 5 días en Montevideo! Punta Carretas é sem dúvida o melhor bairro pra se hospedar. Acordar no Esplendor com vista pro mar, ter a rua dos melhores restaurantes a poucos metros e a rambla com acesso tanto à parte histórica, como às estradas que vão pra Punta, região das vinícolas e Colônia… não tinha como nos hospedarmos melhor! Nos ecantó! E ainda pudemos queimar as milhares de calorias dos restaurantes – a maioria ao redor do próprio hotel – na academia, que é muito bem montada. Dessa vez não tivemos oportunidade (tempo), mas o Esplendor também tem bikes próprias pra alugarmos e passearmos pela cidade.

ONDE VISITAR

Mercado del Puerto: parada obrigatória! Em volta e dentro do mercado tem um comércio artesanal de qualidade, além de algumas das iguarias uruguaias mais bem avaliados serem de estabelecimentos de lá. Pra seguir pro próximo ponto de visita abaixo (Plaza Independencia), deixamos o carro ao lado do Mercado e fomos andando, após almoçar no El Palenque. Passeio sugerido : ).

Plaza Independencia: os principais monumentos da cidade ficam concentrados na praça, que também é utilizada para exposições de arte. São eles:
– a grande estátua equestre de José Gervasio Artigas. que pode ser acessada através de escadas até o mausoléu subterrâneo onde se conservavam os restos mortais do herói nacional em uma urna
– a Puerta de la Ciudadela, a leste;
– a Torre Executiva, atual sede do Poder Executivo, em frente à calçada sul;
– Palácio Estévez, que abriga um museu, também em frente à calçada sul;
– Palácio Salvo, edifício mais alto da América do Sul quando construído, na calçada oeste.

ONDE COMER

La Vanguardia:
 Nosso primeiro brinde foi no restaurante La Vanguardia. Um Chardonnay deliciosamente ácido harmonizando com a surra de queijo gruyere da Milanesa de Lomo Gratinada da foto e com as entradas: Pyncho de Lagostino apimentado e o melhor Pulpo del chef que já comemos na vida! O restaurante fica no bairro gastronômico de Punta Carretas, o mesmo do nosso hotel. Fomos a pé.

Magnum Sushi Bar & Burger: Anotem esse restaurante! O Magnum é o sushi bar & burger mais badalado de Montevideo. O menu é extenso, os peixes fresquíssimos e os drinks surpreendentes, muito criativos. Várias combinações de ingredientes, tanto nas comidas como nas bebidas. Também a poucos metros do hotel e também fomos a pé.

El Palenque: restaurante mais famoso do Mercado del Puerto e dono da carne mais famosa da cidade. Só pede!

Roldós: uma das bebidas tradicionais do Uruguai é a Medio y Medio, um blend de 50% Chardonay e 50% Moscatel, leve e refrescante. O do Roldós é o tradicional e mais famoso. Gostei MUITO mais do que imaginava que iria. Trouxe mais para o Brasil. Comprei na loja deles mesmo, no Mercado del Puerto e depois descobri que tem um pouco mais barato nos mercados. Mas ainda assim, gostei de ter comprado na fonte. : )

Sopranos: restaurante temático de uma das nossas séries preferidas de mesmo nome, foi nossa noite especial de Parrilla, com pizza de aperitivo como entrada – as duas especialidades da casa. Pratos muito bem servidos, carnes com ponto excelente.

Lisa Burgers and Drinks: nossa sugestão pra quem teve dia de harmonização em vinícolas durante o dia e quer comer mais leve a noite. Os wraps são muito bem servidos e temperados.

CANELONES

VINÍCOLAS

Fomos em Las Brujas conhecer o projeto moderno e jovem da Bodega Artesana, criado em 2011. Momentos únicos, acompanhados de excelentes vinhos e uma gastronomia que utiliza produtos da região, possuindo uma ampla proposta da cozinha tradicional/local. Passeios nas plantações da sua exclusiva cepa Zinfandel, única no Uruguai. www.artesanawinery.com

 

MALDONADO

Pegamos um dia pra fazer o bate-volta Montevideo-Maldonado e conhecer alguns dos pontos turísticos mais famosos do Uruguai: Casapueblo, Monumento Los Dedos e a fashion Calle 20.

PUNTA BALLENA

ONDE VISITAR

Casapueblo: O castelo branco na beira do mar foi construído pelo artista uruguaio Carlos Páez Vilaró pra ser sua casa de veraneio e atelier, e hoje é um hotel, disponível pra nos hospedarmos em nossas férias também, ou apenas passarmos o dia na parte de galeria de arte, comer o melhor bolo de banana da vida na cafeteria do museu ou assistir o pôr do sol ao lado dos gatinhos que andam por lá. ps: ”Era uma casa muito engraçada, não tinha teto, não tinha nada.” foi criada por Vinícius de Morais para a Casapueblo. ps’: prove o “pan de banana” do café de lá!

 

PUNTA DEL ESTE

ONDE COMER

Punta VirazonOs tiraditos mais gostosos que já comi na minha vida! Pedimos um tradicional chivito e cervejas pra assistir o pôr-do-sol de nossa mesa através dos grandes vidros do restaurante.


ONDE VISITAR


Monumento Los Dedos
:  Escultura do artista chileno Mario Irarrázabal durante o verão de 1982, para o primeiro Encontro Anual Internacional de Escultura Moderna ao Ar Livre que acontecia em Punta del Este. Dos nove escultores, ele era o mais jovem. Houve uma disputa para os lugares atribuídos a uma praça pública, e ele decidiu então fazer suas esculturas na praia., concluindo nos seus primeiros dias, mesmo enfrentando fortes ventos. Apenas a obra de Irarrázabal pode ser vista até hoje na praia.

Calle 20: Também conhecida por Fashion Road ou La Rodeo Drive del Este, tem restaurantes e lojas de grifes internacionais famosas e conhecidas no mundo todo, como Fendi e Valentino. Mr. Offline teve que me segurar pra eu não sair gastando todos os meus pesos uruguaios em uma das ruas mais fashion que já conheci.

COLONIA DEL SACRAMENTO

Fomos de carro de Montevideo – Colônia em um sábado e ficamos em uma das cidades históricas mais charmosas da vida até segunda-feira.

ONDE COMER

Não vá embora sem provar os panchos.

Río de la Plata: nossa primeira noite foi de peixe, pescados no rio, vista da nossa mesa na calçada do restaurante.
Bortolot: a sobremesa mais tradicional de Colônia del Sacramento é a Chaca,  – chaca
Casa de chá: uma verdadeira casa de bonecas, com um menu de chás super elaborados e serviço de chá clássico, com direito a ampulheta pra calcular o tempo de infusão. O preço não é tão fofo quanto o ambiente e apresentação, mas se você for no frio intenso, será uma visita prazerosa.
La Pulpería: com vista para o farol, com opção externa ou interna (nossa escolha #freezing), a recepção começa na porta (momento que pescaram a gente rs) com um cálice de medio-medio.

ONDE VISITAR

O Centro Histórico de Colônia é pequeno. Desbrave todas as ruazinhas! Entre nas lojinhas e fique tentado a comprar todas as cuias – de diversas cores e estampas; as roupas, souvenirs (são fofos!), procure carros e casas antigas, dê atenção pro palhaço da Puerta de la Ciudadela (viramos melhores amigos depois de ele ser ignorado por todos que passavam hahaha – aproveitei pra ensinar algumas poses de blogueira e ele adorou – peça foto com pose de blogueira, ele lembrará); pause para comer os panchos e finalize o dia assistindo um dos pores do sol mais bonitos da sua vida.
Aproveitamos o outro dia pra fazer um bate-volta em Carmelo, na Vinícola El Legado. (abaixo)

CARMELO

Próxima de Colonia del Sacramento, estávamos ansiosos pra conhecer a Bodega El Legado.
Nossa segunda metade da mala foi ocupada pelos vinhos dessa vinícola familiar. Foi uma das experiências mais gostosas da viagem, não apenas pelo vinho.

Quero escrever com mais calma sobre as vinícolas e as experiências gastronômicas da viagem. Eu me empolgo contando sobre os vinhos e pratos, então me contive pra esse post não ficar muito extenso.

Me conta nos comentários se você já foi e tem alguma sugestão pra minha próxima visita à essas cidades, ou se não foi, o que mais te atraiu sobre meu roteiro.

Sigam também as redes sociais do Uruguay Natural (Ministério de Turismo do país). Tem fotos lindíssimas com dicas de atividades e lugares pra adicionar à sua experiência. : ) (site | Instagram | Youtube | Twitter | Facebook)

XOXO,
Laura K.