Achar um vestido que acintura não é uma tarefa fácil.
Os modelos mais encontrados nas lojas são os que vem com fita na cintura para amarrar, ou cinto.
Mas o único material que tem funcionado é o bandage. Por isso ele nunca sai de moda. 
É firme contra o corpo, traz elegância e molda as curvas como elas são.
Sem dar o foco no busto ou na barriga, que é o que os de fita e cintos geralmente fazem.

Quem tem curvas acentuadas como busto e quadril costuma fugir como eu de qualquer marcação abaixo do busto.  E fujo mesmo. Se eu olhar pra uma arara e ver uma peça com marcação dessas eu já me imagino redonda.

Uma acinturada elegante é na cintura. Parece redundante e óbvio? rss
Mas quando procuramos em lojas, a chance de achar uma peça que nos favoreça não é óbvia.


A dica pra uma peça acinturada é aquela que começa uma mão abaixo do busto e vai até o final da lombar, começo do bumbum.
A parte inferior, seja do vestido, seja uma saia completando uma blusa acinturada, também segue o padrão super slim se você tiver quadrilzão.

Eu gosto de tudo bem justo.
Olha como o vestido só abre quando acaba o bumbum nas fotos abaixo.

Sempre onde tem curva, tem um tecido firme, geralmente elástico, que coloca tudo no lugar dando aquela apertadinha de leve.

Nesse caso os desenhos também foram muito bem criados!
Os riscos dando a impressão de flechas, indicam para o centro do corpo.
E os triângulos da cintura se apontam sem encostar, parecendo que o início e o fim da cintura estão mais distantes e por conseqüência ela parece mais longa.


Vestindo:

VESTIDO | CMINDOV
BOLSA | CARNIVALI
SHOES | AREZZO

Fotos por Renata Lamezi


Xoxo