IMÓVEL DE US$ 35 MILHÕES. CONHEÇA O TURNBERRY.

 

Desde a crise de 2008, quando os imóveis nos EUA despencaram mais de 50% em algumas localidades, muitos brasileiros conseguiram realizar o sonho de ter um imóvel na América. Na época, com US$ 200 mil era possível ter uma casa confortável em um bairro de classe média de Miami. Porém, o mercado voltou a reaquecer juntamente com a retomada da economia americana e a consequência natural foi o aumento de preços. Além disso, somado com o dólar acima de R$ 4,00 acabou por segmentar ainda mais quem realmente tem poder aquisitivo para comprar.
Entretanto, existe um seleto grupo de milionários ou bilionários brasileiros que já possuem parte da sua fortuna nos EUA ou aqueles não se importam com a alta da cotação da moeda americana. “O mercado imobiliário principalmente da Flórida, depende fortemente dos compradores vindos do Brasil. O clima parecido com o do nosso país, a segurança e o que existe de melhor no mundo nas áreas de entretenimento e gastronomia são os principais motivos que fazem eles escolherem esta região”, explica Wictor Arraes, Diretor de vendas América Latina da Turnberry.
Miami é conhecida com uma das cidades com a arquitetura mais refinada e ousada do mundo, com prédios cada vez mais inovadores e luxuosos. Agora, um novo ícone mundial será inaugurado em 2020, com apartamentos que variam entre US$ 3,5 e US$ 35 milhões. Com aeroporto privado, campo de golfe e vista 360° para o mar, o Turnberry oferece o que existe de alto luxo no mundo. “Este público quer alto luxo, conforto para sua família amigos e também, um local que proporcione network para futuros negócios. São empresários do mundo todo que procuram ambientes que proporcione novos negócios”, ressalta Arraes.