Por Ana M.:

Oi mamães!

Neste exato momento estamos dentro do avião, indo para Arabia Saudita, matar as saudades do papai. 

Esta está sendo a terceira viagem longa do Enzo e nunca tinha sido tão difícil quanto esta de agora.
Saímos do Brasil as 23:30 e Enzo dormiu só as quatro da manhã, chorou muito, eu não consegui distinguir o que estava o incomodando. Obviamente imaginei o ouvido e dei remédio. Não melhorou! Com o desespero dele, eu também comecei a ficar. Tentei evitar dar remédio novamente, este agora para a dor de barriga. Resisti por duas horas, dei e no final deu certo. Graças!


Era notório o meu desespero, até uma querida e simpática avó vir ao meu encontro e falar: moça, todas as mães passam por isso, só não entenderá quem não é mãe. 
E realmente, ela tinha razão. Me acalmei e essa frase não saiu da minha cabeça. Foi o que me fez ficar mais calma, respirar e enfrentar mais algumas boas horas de vôo.
A pediatra me indicou dar Draminb6, mas como eu já tinha dado remédio para a dor, preferi não dar, mas é super normal dar, ele não faz o bebê dormir mas relaxa e fica mais “zen”. 


Sempre tentamos fazer as coisas certas e com uma viagem não é diferente, até porque não estamos sozinhas com nossos filhos e tentamos respeitar ao máximo o espaço dos outros tripulantes também.
Fiz meu kit, de emergência mesmo caso eu precisasse e não para obrigatoriamente usar. Espero que eu consiga de alguma forma ajudá-las.

Remédio para dor de barriga/gases;
Remédio para dor de ouvido ( dei muito tarde, o certo é dar 30 minutos antes de embarcar, com recomendação de um médico);
Remédio para dor/febre;
Salsep para o nariz ( o ar condicionado resseca toda a pele, garganta e nariz);
iPad ou celular com aplicativos interativos;
Um brinquedo pequeno e o preferido do seu filho, e de preferência que acenda luzes;
Um mordedor se estiver nascendo dentes, que é o meu caso; e também trouxe o CamomilinaC para amenizar a dor e a coceira. 
DraminB6, pergunte e peça a receita ao Pediatra; mesmo não precisando para efetuar a compra, eu peço para evitar maiores contratempos.
E muita,muita paciência.

Depois de 17 horas voando, chegamos no destino final. 
Alguma outra dica de primeiros socorros? Risos…
Toda dica é válida para essas “aventuras”! 

Um beijo, mamães! E não esqueçam de levar as minhas dicas para o médico dos seus bebês avaliarem.

@souanamendes