Por Ana M.:

Oi Mamães!!

Como estão?
Aqui estamos evoluindo, mas nos últimos dias Enzo está superando é nas artes.

Ontem tive mais uma certeza de que todo cuidado é pouco. Em um piscar dos olhos a arte, a malandragem e os acidentes acontecem. Eles são muito mais rápidos que nós, é só darmos uma brecha que “bingo”, a arte está feita.

Os acidentes são comuns, e são a causa mais comum de mortes em crianças maiores de um ano, podendo também acarretar traumatismos significativos para o resto da vida deles.
Os acidentes normalmente acontecem de acordo com a fase que as crianças estão. Antes mesmo de completar um ano de idade os bebês já mexem em tomadas, fios e afins…o que estiver pelo caminho consequentemente estará na boca.
As crianças entre 01 e 02 anos estão mais propensas a caírem mais, bater a cabeça, ingerir produtos tóxicos, afogamento, entre outros…

Essa semana eu estava na cozinha e Enzo junto, estávamos conversando, e logo percebi que ele estava em silêncio, o chamei e nada, olhei pela janela e lá estava ele, nos produtos de limpeza. Prometo que desdê o seu nascimento eu não tinha mais colocado os produtos de limpeza em uma prateleira baixa, mas por um descuido, coloquei novamente.
Foi questão de segundos e lá estava ele com a tampa da água sanitária na boca.
Minha reação foi de ficar quieta e ir ao encontro dele, pois sempre pensei; se eu fizer um escândalo, pelo susto ele pode piorar a situação.
Retirei a tampa da boca dele e logo dei água ( NÃO é o recomendado!).

Neste meio tempo liguei ao pediatra e contei o ocorrido pois não sabia se ele tinha ingerido ou não o líquido mas a boca estava com um leve cheiro do produto. Ele me questionou se o lugar do acidente estava molhado e se a roupa do Enzo também estava molhada, verifiquei e ambos estavam normal, sem cheiro e sem qualquer resquício de água sanitária. Acreditamos que ele não ingeriu o líquido.
Me orientou a não deixar o Enzo sozinho e pediu para que eu ficasse de observação por 24h, pois caso tivesse ingerido uma certa quantidade poderia ter reações. Obviamente que não fechei os olhos.

Em outros casos, dependendo da quantidade e do produto ingerido é preciso levar direto ao Hospital e na maioria das vezes fazer uma lavagem e outros exames.
Alguém já passou por um susto desse?

Mães, todo cuidado é pouco, muito pouco!

Ah, todos os produtos já estão no alto novamente!


Um beijo pra vocês.