Hey guys! Finalizamos o podium de três maiores marcas de luxo do mundo e hoje vamos falar da maior e mais antiga joalheria do mundo, a francesa Cartier, com mais de 170 anos. Ela é conhecida pela qualidade dos seu relógios, jóias, acessórios, perfumes, louças, objetos em couro e cachecóis, que vêm em embalagens vermelhas e às vezes com a pantera que é símbolo da marca.

O INÍCIO DE LOUIS-FRANÇOIS CARTIER

Louis-François Cartier trabalhava em uma oficina de jóias na rua mais cara de Paris da época, a Rua Montorgueil. E assumiu o controle da oficina de seu mestre, em 1847, patenteando sua própria marca com as iniciais L e C em um losango com um coração.
Apenas quatro anos depois, Cartier se tornou o fornecedor da Corte Real de Napoleão III, através da Condessa Nieuwerkerken. Em 1853 ele fazia atendimentos privados para uma clientela exclusiva e seis anos depois alugou o imóvel que ficou 40 anos atendendo mulheres que passavam pelo Boulevard des Italiens para ir ao Jardin des Tuileries. Encantou e fidelizou também a imperatriz Eugénie com um conjunto de chá em prata.

Louis-François Cartier

ALFRED CARTIER

Mais vinte anos e seu filho Alfred entrou como sócio, expandindo a marca, incluindo os relógios.

LOUIS CARTIER – “ALFRED CARTIER & FILS”

Com a entrada de seu outro filho Louis em 1898, a loja mudou seu nome para Alfred Cartier & Fils, mudando de endereço e transformando o novo bairro de Vendôme no coração da joalheria.

Louis e seus filhos.

1888 – Um dos primeiros relógios femininos de pulso da Cartier.
1900 – Fez 27 tiaras pra coroação do rei da Inglaterra Edward VII, que deu um certificado de Fornecedor da Corte a Cartier e o declarou “Cartier, joalheiro dos reis, rei dos joalheiros”.
1904 – Primeiro relógio de pulso com pulseira de couro do mundo, desenvolvido para seu amigo Alberto Santos Dumont, que havia reclamado sobre os relógios de bolso durante seus voos.
1906 – Primeira caneta com linhas ovais.
1909 – Patente das fivelas dobráveis para relógios de pulso.
1909 – Transição do estilo Garland para o moderno, introduzindo formatos geométricos como quadrados e círculos.
Segunda Guerra Mundial – produção e vendas caíram.
1910 – Anel com o diamante azul Hope, de 44 quilates.
1911 – Relógio THE SANTOS, inspirado no modelo feito por Louis em 1904 para Alberto Santos Dumont.
1912 – Relógio COMÉTES.  Relógios BAIGNOIRE e TORTUE
1913 – O primeiro relógio MYSTERY. Secreto, com um mecanismo baseado na ilusão de ótica, com ponteiros que parecem flutuar.
1914 – Duque de Windsor pediu um broche Panthère em platina para presentear a esposa. E então a pantera passou a ser item de desejo de todas as mulheres.
1919 – Relógio TANK, em homenagem às equipes dos tanques aliados da Primeira Guerra Mundial.
1924 – Anel TRINITY. Criado em parceria com o artista plástico Jean Cocteau para um amigo de Cartier. Três alianças entrelaçadas em três tons de ouro: branco para a amizade, amarelo para a fidelidade e rosa para o amor.
1926 – Coleção de relógios de pulso BAGUETTE.
1933 – PASHA, primeiro relógio a prova d’água do mundo. Patente para a “montagem invisível”, técnica na qual o metal desaparece, mostrando apenas as pedras das joias.
1935 – Primeiro anel de pantera, feito de ouro amarelo e revestimento preto.
1942 – Louis Cartier morreu e sua marca quase não sobreviveu sem seu dom.
1968 – Isqueiro LE BRIQUET CARTIER. Primeiro de luxo do mundo. 

ROBERT HOCQ ASSUME A EMPRESA
Love Bracelete, Conceito Les Must de Cartier com peças mais acessíveis e modernas, mas mantendo a tradição.

1968 – Grupo de investidores liderados por Robert Hocq comprou parte da empresa e assumiu o comando, passando de uma empresa familiar para uma multinacional, rejuvenescendo com Alain Perrin como seu principal executivo, que trouxe novos conceitos e materiais.
1969 – LOVE BRACELET é criado pela CARTIER de Nova York, obra do designer Aldo Cipullo. A peça foi inspirada em uma prática medieval: guerreiros antes de saírem para batalhas, muitas vezes “trancavam” suas esposas com cintos de castidade de ferro pra mantê-las fiéis. O designer então teve a ideia de criar um símbolo moderno dessa tranca e desenhou uma pulseira com parafusos, que vinha com uma pequena chave de fenda pra abrir e fechar.
1973 – Conceito Les Must de Cartier (joias, acessórios em couro como bolsas e carteiras, mais acessíveis e modernos, mas com a centenária tradição CARTIER).
1974 – Primeira coleção de objetos em couro da marca, que incluía carteiras, moedeiras e porta-cheques.
1976 – Primeira caneta oval da marca.
1978 – Primeira coleção de cachecóis.
1979 – Robert Hocq morre aos 63 anos em um acidente de carro.

CARTIER MONDE

1979- Unificação do grupo em uma única: CARTIER MONDE, unindo as três Maisons de Paris, Londres e Nova York.
1981 – Primeiros perfumes da marca: MUST de CARTIER (feminino) e SANTOS(masculino).
1983 – Primeira coleção de óculos.
1983 – “Colection Ancienne Cartier”, reunindo peças para mostrar a evolução histórica e artística da joalheria.
1987 – Coleção de louças (porcelanas, cristais e pratas).
1988 – Perfume DÉCLARATION.
1993 – Mini-carteiras PANTHÉRE em crocodilo pastel.

ENTRADA NO GRUPO VENDÔME

1993 – A marca entrou para o grupo Vendôme (hoje Richemont).
1995 – Perfume SO PRETTY.
2001 – MELI MELO, coleção de joias à base de pedras brasileiras, como a água-marinha e a granada laranja.
ROADSTER, relógio com duas pulseiras intercambiáveis, inspirado nas corridas automobilísticas dos anos de 1950 e 1960.
2001 – Revista Cartier Art
DÉLICES de CARTIER, coleção de jóias confeccionadas com pedras coloridas, inspirada em frutas, flores e cores.
2003 – Nova loja na Avenue des Champs-Elysées, número 154, em Paris.
2004 – Coleção de relógios SANTOS 100, em ouro e aço, comemorando os 100 anos de criação da série Santos Dumont. Hoje, os relógios ainda conservam todos os seus parafusos originais e somente cinco artesãos no mundo sabem como montá-lo com perfeição.
2005 – Serviço de perfumes feitos sob encomenda.
2006 – Coleção de relógios LA DOÑA, nas versões: ouro branco com brilhantes, ouro rosa e aço, e ouro amarelo; inspirada na atriz mexicana Maria Félix, famosa pelas joias extravagantes que exibia em seus filmes.
2008- BALLON BLEU, relógio cronógrafo
2008 – Perfume CARTIER ROADSTER, em homenagem ao relógio da marca.
2009 – SECRETS et MERVEILLES: coleção de jóias representando o mistério e a beleza.
2010 – Perfume ESSENCE D’ORANGE.
2014 – Perfume feminino La Panthère

 

 

 

Bisou bisous

XOXO,
Laura K.