Imediatismo, instantaneidade, ansiedade.
Sãos as palavras chave que definem o motivo da nova mudança.

Antes os desfiles eram pensados para os profissionais da indústria fashion.
Hoje eles são acompanhados minuto a minuto por milhares de pessoas em todo mundo.
Desfiles de inverno sendo mostrados no verão e vice-versa.
Quem não é da indústria não entende nada, mas quer acompanhar!

Na cabeça dos consumidores, hoje acostumados a ver, clicar e comprar, qual o sentido de assistir 6 meses antes a coleção? Querem pra já, agora, now.

Essa geração também é chamada de IWWIWWIW – I Want What I Want When I Want.
Os desfiles são muito importantes e caros para as marcas. Por quê não aproveitar esse poder da comunicação?
“Agora, na moda, o futuro é tudo sobre o que as pessoas querem falar”diz Donatella Versace.
A Burberry foi a primeira a anunciar a mudança. Após o desfile as roupas já estarão nas lojas. Além de decidir que não titulará mais as coleções como ‘inverno’ e ‘verão’. Tom Ford, Marc Jacobs, Donatella Versace e Tommy Hilfiger também estão se preparando.
“Para algumas pessoas essa mudança é algo terrível. Elas querem que a moda fique a mesma, como se os smartphones nunca tivessem sido inventados”, diz Donatella. “Se as pessoas dizem que a moda está andando muito rápido, eu acho que temos que ser mais rápidos ainda e planejar nosso futuro juntos”.
O diretor do SPFW, Paulo Borges, diz que a nomenclatura de coleção seguindo a estação já estava sem sentido há tempos.
Em setembro já teremos mudanças, começando pela NYFW!