Palestra aborda desde o surgimento das primeiras costureiras de bairros e vilas, as primeiras lojas de departamento, o auge do Teatro Municipal, até a Semana de Arte Moderna de 1922 e a FENIT (Feira Nacional da Indústria Têxtil)

No próximo dia 25 de maio (sábado), das 11h às 13h, o pesquisador Brunno Almeida Maia ministra a palestra O vestido da cidade: moda e identidade em São Paulo. O encontro acontece na Casa-Museu Ema Klabin e as inscrições podem ser realizada pelo site: https://emaklabin.org.br/

Nesta palestra pretende-se analisar a relação entre o fenômeno social da Moda no contexto da modernidade dos séculos XIX e XX e a formação identitária dentro do espaço urbano por meio das indumentárias e vestimentas.
O palestrante investiga  a partir da filosofia, da sociologia, da história, e da literatura, hábitos e costumes do vestir e do consumo, que compõem o imaginário da cultura material na cidade de São Paulo.
“Vamos pensar a cidade e seus múltiplos espaços na dinâmica temporal e social da Moda”, explica o  pesquisador Brunno Almeida Maia.
O encontro faz parte de um ciclo de palestras sobre Identidades promovido pela Casa-Museu Ema Klabin em 2019, pretende-se mostrar a percepção e a formação de uma ou diversas identidades em momentos distintos da história da humanidade.

25 de maio (sábado), das 11h às 13h
R$ 40,00
Inscrições: www.emaklabin.org.br | Vagas: 35
Local: Fundação Ema Klabin (Rua Portugal, 43 – Jardim Europa – São Paulo, SP)
Telefone: 11 3897-3232

 


Sobre o palestrante: Brunno Almeida Maia é pesquisador em Filosofia pela Universidade Federal de São Paulo, foi pesquisador residente do NECMIS 2018, docente da cadeira “Expressões Artísticas Contemporâneas”, no Técnico de Produção de Moda do SENAC, professor convidado do Departamento de Pós-Graduação, Extensão e Cursos Livres da FAAP e do Centro Universitário Belas Artes. Ministrou aulas com o  estilista Walter Rodrigues e o chapeleiro Eduardo Laurino. É autor do livro “O Teatro de Brunno Almeida Maia” (Editora Giostri, 2014), assina capítulo sobre a relação entre a literatura e a moda no romance Lucíola (1862) de José de Alencar no livro “Moda Vestimenta Corpo” (Editora Estação das Letras e Cores, 2015), um dos autores da antologia “São Paulo em Palavras” (Editora Aquarela Brasileira, 2017), e “Tempos de exceção: ensaios sobre o contemporâneo” (Editora Cosmos, no prelo). Foi facilitador pedagógico do módulo I de formação em Cidadania e Direitos Humanos do Programa “Transcidadania”, uma iniciativa da PMSP, com a Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual e Centro de Cidadania LGBT SP.

www.emaklabin.org.br
www.facebook.com/ fundacaoemaklabin
www.instagram.com/emaklabin
twitter.com/emaklabin
www.youtube.com/channel/UC9FBIZFjSOlRviuz_Dy1i2w