Por Ana M.:

Oi mamães e amigas!!
Como estão? Aqui agora tudo mais calmo.
Nesta segunda que passou fiz a festinha de aniversário do meu filho. Foi exatamente como eu comentei aqui, super pequena, apenas 22 pessoas entre família e amigas.
O tema foi Galinha Pintadinha. E sim, eu vesti ele com a fantasia e amei, amei e amei. Morro de amores por fantasias e vocês?

Mas a questão é outra. Todo aniversário têm comida, inclusive doces, claro!
Muitas amigas estão com filhos da mesma idade do Enzo e quando vou em lugares que eu sei que não haverá comida saudável (rica em nutrientes, me refiro!), antes de sair de casa eu já dou uma comida salgada para o baby, tentando evitar com que ele coma as guloseimas e dando apenas um assado para que ele se ocupe, se distraia e colaborando ainda mais com o meu momento.
Pois bem, já sabemos que não é recomendável dar açúcar às crianças menores de 01 ano de idade (na minha opinião, dois anos está ótimo!) por inúmeros motivos, sei que não é fácil mantê-las longe, mas é necessário, mães!

E aí vão alguns dos inúmeros motivos:



 O açúcar branco não possui nutriente algum que sirva para o organismo.

 Aumenta a chance de a criança ter obesidade, diabetes e podendo acarretar muitas outras doenças. Se para nós já não é bom, imaginem para os babies que são super “limpos”.

 O doce aumenta a adrenalina, dificultando o poder de concentração.

 Quanto mais o pequeno conhecer o doce, mais doce ele irá querer (é bom, e nós sabemos disso!). Aí começam as chantagens, que não fazem bem ao bebê e nem mesmo a crianças ou adultos. Ex: Filho se recolheres os brinquedos, ganhas um pirulito. Ou “SÓ” uma balinha!
Principalmente quando eles estão na casa dos avôs (já dizia o ditado: os avôs estragam os netos. Né, Jú?).



Mães, sabemos que não podemos viver sem doces, mas quando quiserem adoçar a vida dos pequenos, façam algo com as frutas, elas são ricas em nutrientes e doces!!
Que tal? Como vocês agem nesses casos?

Um beijo e bom resto de semana!!