Que o poder feminino é forte, nós sabemos! Mas a alegria da vida é usar essa força a favor do que é importante, de quem precisa, e principalmente, quem merece!
O que aconteceu é um grande exemplo de que quem faz o bem recebe o bem!

Há anos que eu gosto de acompanhar histórias com final feliz. Às vezes as pessoas confundem achando que vivo em uma bolha Disney. E realmente me inspiro em muitas histórias mesmo rss… acho que se eu desse palestras motivacionais eu citaria a Disney em todas de alguma forma haha. E ainda tenho minha grande vontade de abrir minha ONG. Ela está sempre em evolução na minha cabeça, e claro, pra mim vai ser a melhor do mundo, se possível e se eu conseguir os meios e pessoas certas para me ajudar.


A história de hoje é uma que venho acompanhando há anos. Mas este mês está em grande divulgação devido à uma matéria que um blog estrangeiro fez, de uma forma linda. (vídeo abaixo)


Raimundo chegou em São Paulo com 23 anos, em 1961, trabalhando como jardineiro e vendedor de livros. Dezoito anos depois, com 41 anos foi morar na rua, em um lugarzinho por onde ficou por mais dezoito anos.

Ele sobreviveu todo esse tempo sentado em um banquinho de madeira, escrevendo, e se mantendo quente por sacos de lixo preto que ele usava como roupa e outros que costurava para fazer uma cabaninha, para manter o calor.
Uma pessoa culta, que conhece bem e cita de uma forma natural autores e músicas clássicas. Era claro o quanto ele já tinha lido. Raimundo conta que sua paixão por livros e os que leu que o salvou.


Muita gente que morava no bairro (Pinheiros) o conhecia, cumprimentava, conversava e ajudava com pequenos gestos e atitudes.
Mas foi Shalla Monteiro que mudou sua vida para sempre! Devolveu Raimundo ao mundo que ele merecia, e que merecia ter essa pessoa incrível de volta também, feliz.
Hoje ele escreve no conforto do seu lar, em Goiânia, bem alimentado e vestido, junto de sua família que reencontrou.

Eu queria dar um abraço no Raimundo, e outro na Shalla que representa as pessoas do bem que pensam e colocam em prática! Parabéns aos dois pelas pessoas incríveis que são!
E aguardo ansiosa pelo livro dele : )

Não tem como não se emocionar.


Xoxo.