“Não é fácil usar vermelho… só combina com preto…vestidos até o joelho só se tiver decote…” MITOS!

Como eu queria um post mais elaborado e responder ao máximo de dúvidas que eu pudesse, eu peguei os emails referentes às maiores dificuldades que vocês me pedem auxílio e montei um look simples, porém abordando esses pontos!


USANDO VERMELHO

A primeira dúvida, sobre a cor!

Algumas leitoras me perguntaram se eu tinha algo contra. Mas ter algo contra é muito forte!
Minha preferência é por tons pastéis (e não me refiro apenas aos nudes, mas aos turquesas principalmente), pois já aprendi que me valorizam e sempre achei mais elegante. Mas eu não ignoro o vermelho.

Para montar um look, a cor não é tão simples quanto às outras… mas também não é um bicho de sete cabeças. Só precisa obedecer algumas regrinhas. 
Mas sinceramente? A moda anda tão cabeça aberta nos últimos anos, que se você quiser pesar um pouco no look, capaz de sair em uma revista rss.

Bom, eu particularmente não gosto de inovar muito e arriscar combinações contrastantes, apesar de gostar de acompanhar bastante as modernidades. Também não sou adepta à mistura de estampas, como losangos preto e branco na blusa, oncinhas na saia e zebra verde nos calçados (tem por aí nessa moda looouca).
Sou mais prática e gosto de ter tudo na mesma sintonia no armário pra poder fazer o maior número de combinações possíveis entre as peças que tenho.

Quando eu uso vermelho tento não usar acessórios chamativos e maxis.
Não uso prata/prateado/ouro branco… só gosto de ouro amarelo/dourado, mas me sinto um pouco incomodada com a harmonia das duas cores. Então opto por brincos pequenos, colares fininhos, e nas pulseiras eu mando bala. Brincos de pérola me fazem sentir mais leveza, talvez pela delicadeza.

Sapatos e bolsas…não precisam ser escuros! No look eu usei um nude pra mostrar à vocês. Qualquer acessório escuro me faz sentir pesada e menor com roupas vermelhas. Pra usar a noite fica legal! Mas ainda prefiro um cardigan/ sobretudo/ casaco off-white e outras peças clarinhas pra compor.

Batom vermelho com look vermelho…fujo! Só com roupas beeeem apagadas onde quero focar na maquiagem do rosto mesmo. 


COMPRIMENTO E DECOTE

Vestidos e saias com comprimento até o joelho não imploram um decote!
E é bom aprender essas dicas, pois nas estações quentes você não poderá usar um vestido decotado no trabalho por causa do comprimento até o joelho, e nem um vestido curto porque não terá decote.

Tudo depende do caimento da peça. Se for uma ballonné, trapézio, … a chance de não ficar bem é grande! Mas ainda assim, depende. Depende da modelagem total da peça, depende do seu corpo, depende da sua altura,…

Como não sou alta, vestidos nestes formatos me achatam ao nível oompa loompa. Pra mim a solução é uma peça bem acinturadinha e que a barra inferior seja reta ou estreite um pouco ao final.
Um salto é bom pra alongar as pernas! Cintos, tanto finos como largos, também achatam.

O importante é testar e ver se o look te valoriza! O que serve para uma mulher, às vezes não serve para outra.

Agora no inverno
vai ser uma delícia combinar casaquinhos com os vestidos de couro da Muubaa! Imagina nesse look um cardigan grafite abertinho, com um cintinho fininho jogado por cima e um coque bem alto e volumoso na cabeça. Dá até pra brincar com botas e sapatilhas.

Vestido  – Muubaa


Xoxo